11.2.12

Curto Conto - Dia escarlate

Da janela, viu a chuva cair, pensava ser uma festa de borboletas vermelhas, mas eram flores, minúsculas flores que lhe tocaram a face e a ruborizaram de um vermelho beijo tímido, e uma enorme colcha de flores se formou ao seu redor, parecia uma capa, como a da menina Chapeuzinho Vermelho sendo avisada pela mamãezinha dos perigos da floresta, mas quão doce é a aventura, quão desprendida é a partida... ahhhh lindo é o caminho, as árvores que emolduram o céu azul, as borboletas de multicores, de multidão a passear despretensiosamente e as flores.... ahhhh...as flores continuavam a cair inundando o dia daquele vermelho vida. Ela queria pegar sua bicicleta escarlate e correr com o vento fazendo as flores voltarem a seus ramos, mas não conseguiu. Imóvel ficara diante da beleza que o mundo se apresentava a seus olhos constelados. Uma leve brisa de chuva a abraçou e lhe sussurrou ao ouvido coisas que não conseguia entender, imaginou que talvez fosse tempo de esperar a chuva passar... talvez... voltou os olhos à fina linha que separava o céu da terra... e as flores continuavam a pintar o horizonte, quando calçou seus sapatos vermelhos.


Alice Nascimento

Escarlate Esmalte Vermelho Alaranjado de Alice

5 comentários:

  1. Querida amiga

    E quantas vezes
    esperando a chuva passar,
    se perde o momento exato
    da alegria...

    Que sempre existam
    sonhos a habitar teu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada como ver a chuva, com outros olhos...
      um grande abraço

      Excluir
  2. Nossa, postas tu, uma prosa belissima.
    Parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada José Maria.
      grande abraço

      Excluir
  3. Oi Alice
    bom dia, passando aqui para desejar um feliz Dia do Blogueiro, celebrado neste 20 de março.
    Muitas coisas boas nesta data! Afinal hoje também é o Dia Internacional dos Contadores de Histórias.

    Abraços, saúde e paz!

    ResponderExcluir

Entre vírgulas, exclamações, e interrogações... seu comentário é bem vindo!